Cuidados para evitar a propaganda enganosa





A propaganda enganosa é um dos grandes inimigos da publicidade. Tanto para o lado público, como para o lado das empresas, já que ambos podem ser prejudicados através da aplicação de um anúncio comercial de qualidade duvidosa, que não tenha relação com o real.


Em relação ao cliente essa relação é clara, já que comprar um produto esperando algo, e receber um resultado diferente pode ser uma das maiores decepções dentro de uma transação comercial. Impedindo com que esse cliente volte a fazer compras nesse local.


Como o fato de visitar um restaurante, após visualizar um anúncio chamativo, com a presença de um sanduíche que parece ser bastante saboroso. Contudo, ao receber o prato o alimento é bastante diferente, seja em tamanho ou qualidade.


Ação que pode interferir diretamente na satisfação desse cliente, impedindo que ele retorne a comprar nesse local. Uma situação que prejudica o próprio negócio. Sendo capaz até mesmo de prejudicar toda uma cadeia de mercado, como uma consultoria ambiental.


Um serviço de grande importância para construtoras e companhias que pretendem agir em áreas próximas ao meio ambiente, mas que um trabalho de qualidade duvidosa por uma agência ambiental é capaz de prejudicar a percepção desses profissionais como um todo.


Ou seja, uma propaganda enganadora é capaz de prejudicar toda uma relação comercial, incluindo a todos que se encontram presentes nela. De forma a evitar isso, uma série de normas foi sendo estabelecida, com o intuito de regular as atividades de divulgação.


A garantir com que um possível cliente, em busca por um serviço de porteiro, por exemplo, encontre anúncios que de fato condizem com a realidade, resultando em um consumidor satisfeito, e como resposta a isso, um mercado em alta, diante tais vendas.


Dessa forma, é sempre importante prestar atenção nas práticas de divulgação a serem adotadas por um negócio, de forma evitar a prática de propaganda enganosa. Sendo importante conhecê-la para não praticá-la, mesmo que de forma indesejável.


Como funciona uma propaganda enganosa?


A grande verdade é que uma propaganda enganosa não funciona, pois o principal objetivo de uma ação de propaganda é divulgar as características e qualidade de um produto ou serviço, de forma a convencer um cliente a consumir tal mercadoria.


A partir do momento que essa propaganda é feita de forma falsa, o principal ideal da publicidade é quebrado, sendo até possível conseguir uma venda rápida, contudo, os resultados podem ser desastrosos para o vendedor, sem uma posição a longo prazo.


Pois a partir do momento que uma empresa passa a divulgar comerciais enganosos, após identificar a mentira por trás desses anúncios, antes ou após uma compra, é possível com que esse indivíduo nunca mais faça nenhum tipo de negócio com tal empresa.


Mais do que isso, tal ação é capaz de afetar até mesmo o processo de aquisição de novos clientes. Pois da mesma forma com que os serviços de um advogado de condominio podem ser recomendados, após os seus bons serviços, a mesma coisa pode ocorrer de forma contrária.


Com um contador contratado para cuidar das finanças de um condomínio predial sendo prejudicado por causa dos seus serviços de má qualidade, com o empreendedor por trás dessa edificação informando aos seus parceiros comerciais sobre esse serviço ruim.


Começando assim uma propaganda ruim em cima do nome desse profissional, que alcançou tal posição negativa após trabalhar com uma propaganda enganosa sobre os serviços. Informando ao público uma especialização que não possui.


Além do lado ético, existe também a questão legal, com a existência de diferentes órgãos a regulamentarem o tipo de serviço a ser comercializado por uma empresa. Sobre a propaganda existe o CONAR, Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária.


Associação essa que atua com a regularização das propagandas veiculadas, com qualquer indivíduo podendo denunciar um anúncio pela prática de propaganda enganosa, mesmo que não exista o propósito de se fazer esse tipo de anúncio.


Impedindo assim com que todo um projeto de manutenção de cozinha industrial, por meio de uma campanha de lançamento de uma nova linha de produtos, seja prejudicado por causa de anúncio mal planejado.


O Código de Defesa do Consumidor, inclusive, trabalha com uma classificação acerca dessas propagandas enganosas, sejam eles intencionais ou não, com tal aplicação ocorrendo em quatro formas em geral, sendo elas:

  • Comissiva (propositalmente enganosa);

  • Omissiva (quantos se omite alguma informação);

  • Parcialmente falsa;

  • Inteiramente falsa.

Diante dessas possibilidades, é importante ter atenção quando se produz algum tipo de campanha publicitária, para que ela não seja enquadrada como propaganda enganosa, prejudicando quem visualiza e quem divulga tal campanha.


Como ter atenção às propagandas enganosas?


Para garantir com que sua campanha publicitária alcance os melhores índices comerciais, é importante que ela seja verdadeira, passando informações importantes e reais ao público, a garantir com que um aluguel de equipamentos hospitalares possa ser bem divulgado.


E dessa forma conquiste bons sinais de prestígio no mercado, permitindo uma boa conversão de vendas. Nesse caso, no aluguel dos equipamentos para centros de saúde.


E para se certificar de que a sua propaganda seja a mais real possível, certas ações se destacam, tais como:


Estar atento ao CONAR


Conforme citado anteriormente, o CONAR é o órgão responsável por fiscalizar as propagandas no Brasil, lidando com uma série de regras a serem seguidas pelo mercado, para garantir a divulgação correta dos seus serviços em relação ao seu público.


Logo, baseado nessa importância, é relevante ao mercado estar sempre se certificando de que suas propagandas estejam alinhadas às regras estabelecidas. Garantindo assim benefícios tanto ao público como às companhias que utilizam de tais ações comerciais.


Revise seus conteúdos


Diretamente associado ao tópico anterior, para garantir com que suas publicações comerciais estejam alinhadas às normas do CONAR, é importante então dar uma olhada final em seus anúncios, antes da veiculação deles.


Tudo para garantir com que seus conteúdos não contenham nenhum tipo de problema, principalmente quando eles não são propositais, e que caso fossem levados ao público poderiam resultar em graves danos à imagem da sua companhia.


Forneça informações claras


Outro ponto importante é a própria construção de anúncio, sendo importante que o tema traga todas as informações relevantes ao seu produto ou serviço, para que o público não só tenha atenção, como também não seja enganado.


Isso porque a omissão de certos detalhes também pode enquadrar o seu anúncio como uma propaganda enganosa. Principalmente quando se pensa em uma campanha promocional acerca de uma venda de equipamentos médicos.


No qual a não-citação de um termo específico dessa promoção, pode prejudicar o cliente, achando estar incluso nos aspectos referentes a essa ação promocional.


Fotos realistas


Quando se fala de informações reais, é importante também citar os aspectos visuais, tratando-se de um dos principais chamativos em relação à veiculação de um anúncio. Logo, é importante se certificar de que essas imagens promocionais sejam realistas.


Como no cardápio de um restaurante, nos panfletos de um condomínio, no encarte de uma loja de roupas ou qualquer tipo de veiculação visual a ser feita em relação aos produtos e serviços a serem comercializados por tal companhia.


Tenha foco nos clientes


Uma das principais formas de se evitar a criação de uma propaganda enganosa, principalmente quando isso ocorre de maneira não-proposital, é colocar os seus clientes como o centro de suas ações, focando nas necessidades desse público.


De forma a garantir com que um serviço de assessoria contábil consiga melhor divulgar o seu ofício, falando diretamente com as demandas do seu público, de forma clara, garantindo assim uma maior atenção e consideração por parte desses possíveis clientes.


Atenção às regras


Essa dica soa mais como uma repetição, contudo, é sempre importante prestar atenção na legislação que rege a veiculação dos seus anúncios comerciais, ao mesmo tempo que é importante seguir também as normas definidas por sua área comercial.


Nesse sentido sendo importante então conhecer ao fundo não somente o seu público, mas também questões que definem o seu setor de negócios, com regras específicas para tal mercado.


A partir dessas aplicações é possível para um negócio garantir com que seus anúncios sejam os mais claros e transparentes possíveis, a garantir não só com que uma empresa esteja alinhada legalmente às regras de veiculação, mas também tenha uma maior atenção.


Ampliando assim suas chances de crescer no mercado. O que é válido tanto para a industria de farinha de trigo como para qualquer tipo de negócio de menor porte, por meio da percepção dos seus produtos e serviços por parte do público.


Sendo importante estar alinhado à realidade, para que não exista uma desistência por parte do consumidor, ou até mesmo uma recepção negativa acerca daquilo que o seu negócio comercializa.



Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.


4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo