Conheça as vantagens de investir em tráfego pago


Para que suas mensagens se destaquem na internet existem duas formas, por meio do tráfego orgânico e do tráfego pago. O primeiro está relacionado ao compartilhamento natural do seu conteúdo, entre os seus seguidores.

Esse trabalho, no entanto, envolve um conjunto muito imprevisível de variáveis, como a conexão do público com a marca e consequentemente sua mensagem, a disposição do usuário em compartilhar esses posts, além do fato dele ter sido atingido pelo conteúdo.


Isso porque a pluralidade cada vez maior de diferentes produtores de conteúdo na internet, sejam marcas concorrentes, influenciadores digitais ou até mesmo amigos e familiares, dificulta com que o seu conteúdo seja espontaneamente distribuído.


Contar com a construção de público a longo prazo pode até ser uma alternativa para um influenciador que começa a conquistar sua audiência, mas para uma fábrica de uniformes personalizados, com uma campanha promocional, esse contato precisa ser urgente.


O tráfego pago se apresenta como uma alternativa positiva para esse público empresarial, onde conquistar a atenção do público é apenas o primeiro passo para um conjunto de estratégias de venda que só terão sucesso se contarem com esse contato inicial.


Por que o tráfego pago é ideal para a sua marca?


Um dos tópicos responsáveis pela popularização da internet e do ambiente digital na sociedade é a sua praticidade de acesso. Diferentemente dos canais tradicionais, as redes sociais permitem que qualquer usuário consiga abrir um perfil nesses sites.


Seja um perfil pessoal ou empresarial, iniciando um processo de profissionalização para muitos pequenos empreendedores. Essa gratuidade é vantajosa em muitos sentidos, pois é o que faz o público se encontrar ali, mas pode trazer desafios para um perfil comercial.

Uma empresa de gerenciamento de risco, por exemplo, tem que lidar com uma forte concorrência de posts e comentários que surgem na tela de navegação do usuário, dificultando o destaque das suas mensagens, por melhor elaboradas que sejam.


O tráfego pago age como uma solução a essa situação, garantindo que por meio de um pagamento específico as suas postagens cheguem a um público mais amplo, que envolva tanto os seus seguidores como um público com potencial de se tornar um consumidor.

Esse investimento permite que o seu conteúdo atinja uma audiência melhor segmentada e com uma intensidade maior, levando em conta um valor financeiro que se adequa exatamente aos objetivos e capital financeiro de uma marca.


Os anúncios pagos possuem diversas modalidades, adaptando-se aos interesses de uma empresa, como a visualização de um vídeo sobre como fazer um display customizado em casa, ou número de pessoas que assinaram um abaixo-assinado online.


Entre esses meios de pagamento se destacam o CPC (Custo por Clique), o CPM (Custo por Mil) e o CPA (Custo por Aquisição).

Enquanto o CPC define o seu valor em cima da quantidade de cliques em um anúncio, o CPM só é contabilizado a partir do momento que a sua publicidade atinge um mínimo de mil visualizações.


O CPA exige um domínio maior de configuração, pois ele está conectado a uma ação específica idealizada pela sua empresa, como o número de usuários que finaliza uma compra em seu site, ou a quantidade de leitores que baixam um e-book exclusivo.


Conhecendo as facilidades de se encomendar esse serviço pago de tráfego de informações na internet, cabe ao empreendedor refletir sobre as vantagens que esse tipo de negócio pode trazer à sua empresa. E os benefícios são diversos.


As vantagens conquistadas pelo tráfego pago


Investir em um anúncio pago, no lugar do tráfego orgânico, garante ao seu negócio um melhor controle sobre a forma na qual o seu conteúdo chega até a sua audiência, podendo inclusive ajudar a defini-la.


O tráfego pago auxilia, então, na otimização das suas atividades comerciais, começando pela velocidade com a qual os seus interesses de negócio são concluídos.


Resultados imediatos


Um dos principais benefícios dos anúncios pagos é a agilidade com o qual o seu conteúdo chega até o público, adiantando dessa forma a conquista dos objetivos desejados, como a conversão da audiência até o processo de compra.

Enquanto o site de climatizadores precisa disputar espaço para ser achado por alguém que digita na barra de pesquisa “onde alugar climatizadores”, com um anúncio pago, a sua página pode aparecer como a primeira opção na página de respostas.


Sendo necessário apenas um investimento adequado e uma boa configuração de palavras-chave. Pois mesmo que exista uma concorrência entre os anunciantes pagos, essa disputa por atenção é menor do que no tráfego orgânico.


Público melhor segmentado


Um anúncio pago permite não apenas que a sua comunicação chegue a uma audiência de forma mais rápida, ele trabalha também com a segmentação desse público, atingindo especificamente o espectador almejado pela sua empresa.

Um anúncio mais específico, como o de uma cobertura para garagem precisa atingir uma audiência específica, para que os seus números de conversão em vendas sejam maiores, assim como o investimento nessa publicidade não seja desperdiçado.


Para isso, o anunciante conta com as ferramentas que os canais de tráfego pago apresentam, como o uso de palavras-chave, os nichos que a sua empresa busca atingir, e claro, o perfil detalhado desse público.


Com base nas informações fornecidas ao se cadastrar nesses sites, as plataformas conseguem apresentar a possibilidade de atingir uma plateia específica, por meio de informações demográficas, como idade, gênero e até mesmo interesses.


Orçamento flexível


Por mais que essa segmentação de público também seja disponibilizada por canais tradicionais, como na televisão, com base no perfil de audiência de cada programa. Os canais na internet apresentam uma maior flexibilidade em questões de investimento.

Uma empresa recém-inaugurada, que trabalha com confecções artesanais, e se destaca apresentando uma ecobag personalizada barata, não possui o mesmo capital financeiro que um concorrente de anos de mercado.


As plataformas de anúncio pago se sobressaem justamente por trazer uma maior variedade de negociações, adaptando-se ao nível de investimento que uma empresa tem capacidade de realizar.


Além da certeza que esse dinheiro está sendo bem aplicado, pois esse tipo de anúncio trabalha com custos em cima da certeza que o conteúdo chegou ao usuário, por meio de uma impressão ou clique no anúncio.


Monitoramento apurado de público


Outra facilidade que as plataformas de anúncio trazem é o acesso prático e direto aos números e dados alcançados com esse investimento comercial.

Isso ocorre por meio de planilhas e análises, que são computadas sempre que alguém clica em um anúncio de letreiro para fachada de prédio, além do perfil desses usuário, e a proporção entre quais deles concluíram um processo de contratação dos seus serviços.



Os canais disponíveis para o tráfego pago


Se a internet se destaca pela sua pluralidade de público, a mesma coisa acontece quando se fala do número existente de sites e redes sociais, e por sequência, das plataformas comerciais que cada entidade digital apresenta.


Entre os canais mais conhecidos onde é possível realizar esse tipo de transação comunicacional, destacam-se:


  • Google Ads;

  • Facebook Ads;

  • Instagram Ads;

  • Youtube Ads;

  • Google Shopping;

  • Twitter Ads;

  • LinkedIn Ads;

  • Uol Ads.


A plataforma de anúncios do Google é uma das mais ricas do mercado, diante do conjunto de possibilidades que apresenta, sendo o site buscador mais acessado da internet. O Google Ads trabalha com dois tipos de anúncios, com uma rede de pesquisa e display.

A rede de pesquisa é específica ao site principal, com respostas específicas para alguém que procure por comprar balões de aniversário.


Já a rede de display está relacionada aos anúncios presentes em sua plataforma e em sites parceiros. Esse tipo de anúncio pode aparecer em domínios do Google como Youtube e Google Shopping, que podem ser acessados também por plataformas próprias de compra.


Outra parceria de anúncios acontece entre o Facebook e o Instagram Ads. Como as duas redes pertencem ao mesmo grupo, é possível realizar um investimento conjunto, com postagens e anúncios disponíveis em ambas as redes sociais.

Conteúdos em vídeo ou imagem, que podem contar também com o apoio de perfis oficiais de comunicação no Messenger e WhatsApp. Aplicativos de mensagens que também pertencem ao Facebook.


Cada rede social trabalha com o seu programa de anúncios, como a praticidade do Twitter e a profissionalização do LinkedIn. A mesma situação vale para empresas nacionais, como o Uol Ads, que agrupa os sites do grupo Uol, a empresa PagSeguro, a Folha de São Paulo, e outros.


Considerações finais


Com todas essas plataformas e todos os benefícios apresentados, investir no tráfego pago é uma maneira de garantir o sucesso da sua comunicação no meio digital, por meio de anúncios que atingem de forma assertiva o seu público segmentado.

Pois na internet não é preciso apenas alcançar o seu público. É necessário se certificar de que esse contato ocorra de forma rápida, acompanhando a velocidade de informações que correm no meio digital.


Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.


9 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo