top of page

Marketing 5.0: o que você precisa saber



O marketing 5.0 é a nova forma de efetuar as divulgações de diferentes produtos, serviços e marcas. Uma vez que o uso da tecnologia e a conscientização dos impactos das organizações sobre o meio ambiente e as causas sociais estão cada vez mais presentes.


O uso da tecnologia como forma de comunicação, divulgação e automatização de processos repetitivos está constantemente presente no mercado, proporcionando um diferencial para as empresas que as utilizam.


Dessa maneira, continue lendo esse artigo e compreenda um pouco mais sobre o que exatamente é marketing 5.0, quais são as suas vantagens e como o aplicar no seu negócio.


O que é marketing 5.0?


Uma empresa se mantém constantemente atualizada, a fim de seguir as tendências do mercado para continuar ativo, evoluir, se manter relevante e vender sempre mais.


Caso possua uma empresa de móveis, por exemplo, não se pode esperar que um cliente vá até você querendo uma cadeira odontológica nova sem qualquer divulgação inteligente antes.


Para que isso aconteça, é necessário acompanhar o mercado e entender quais são as suas tendências para assim, montar estratégias de marketing eficientes e que realmente alcancem o seu público-alvo.


Entretanto, as vendas e o consumo não são a única finalidade do marketing 5.0. Uma vez que no mundo moderno, a tecnologia precisa estar no centro da estratégia de uma empresa, seguindo assim a era digital.


A tecnologia está presente em todos os aspectos da vida, na qual ela possui a capacidade de facilitar as comunicações, interações, modos de trabalho e entre muitos outros fatores.

Além disso, ela também pode facilitar as divulgações das marcas e as suas interações com os seus clientes.


Com isso, ao possuir a necessidade de alugar empilhadeira, por exemplo, um carro, motocicleta e entre muitos outros automóveis, será possível facilmente encontrar lojas com as quais você se identifique e encontre o produto ideal.


Esse conceito de marketing 5.0 foi desenvolvido pelo escritor, Philip Kotler, em seu livro “Marketing 5.0: Tecnologia para a humanidade”, em conjunto com os autores, Hermawan Kartajaya e Iwan Setiawan.


O livro foi escrito durante a pandemia do coronavírus, em 2021. Por isso, possui uma grande influência em como os negócios evoluíram rapidamente para o meio digital, as mudanças que ocorreram em diferentes áreas e como isso afetou o meio de consumo.


Em sua escrita, os autores afirmam que os clientes estão preocupados com como a tecnologia está ligada a todos os setores de suas vidas e como ela pode impactar a humanidade e sua qualidade de vida.


Por esse motivo, as empresas devem possuir como finalidade a transferência de bem-estar para as pessoas através do uso da tecnologia.


Com a sua evolução, surgiram novas ferramentas, nas quais dentre elas, pode-se citar o metaverso, local em que uma central de bombeiros, por exemplo, em que dá para criar uma realidade virtual única.


Com isso, eles podem conscientizar as pessoas, mostrando os seus afazeres, a necessidade de possuir um alvará de bombeiro e entre muitos outros elementos.


O metaverso é uma realidade aumentada, onde se pode criar o seu próprio personagem, ou avatar, sair com seus amigos e efetuar as suas compras em um ambiente totalmente virtual.


Existem inúmeras possibilidades diferentes de alcançar os seus clientes, uma vez que através da tecnologia e das estratégias de marketing, é possível aderir a um grande potencial.


Quais são as vantagens do marketing 5.0?


O marketing 5.0 possui muitas vantagens para o seu negócio, permitindo um melhor aproveitamento das formas de comunicação para todos os envolvidos, nos quais dentre eles, podem-se citar:

  • Divulgação personalizada;

  • Agilidade no processo;

  • Sustentabilidade;

  • Causas sociais.

Esses são os principais benefícios do marketing do futuro, no qual o seu uso pode proporcionar grandes vantagens ao seu negócio.


Qual é a diferença do marketing 5.0?


O marketing 5.0 se difere dos demais em muitos aspectos, uma vez que ele é a evolução dos meios anteriores de divulgação e atração de clientes.


Entretanto, as empresas não evoluíram como um todo, uma vez que ainda existem empresas que adotam o marketing 1.0, enquanto outras adotam o marketing 5.0.


Uma empresa alimentícia, por exemplo, pode adotar a ideia de que o produto é o centro do negócio, enquanto que um fornecedor de rolamentos pode adotar a tecnologia como o centro de sua estratégia de marketing.


A evolução do marketing em suas estratégias não é uma regra em si, mas sim uma orientação de como o mercado atua e qual a melhor forma de se destacar nele.


Marketing 1.0


As primeiras estratégias de marketing se baseavam na ideia de passar para o cliente a qualidade do seu produto. O melhor produto, com o melhor processo e a maior qualidade final.


Bastava destacar as características do seu produto e as suas funcionalidades para então distribuir para a massa de consumidores, sem qualquer pesquisa de público-alvo.


Por exemplo, uma empresa que fornecia uma empilhadeira a diesel, precisava apenas assegurar que os seus serviços eram de qualidade através do ISO e efetuar divulgações distribuindo para todas as pessoas.


Naquela época, criaram-se campanhas e anúncios para serem distribuídos através de meios de comunicação em massa, como a televisão, o rádio e as revistas. Não existia um meio ou forma de comunicação específica a um único público.


Marketing 2.0


Já no marketing 2.0 acontece a descoberta dos nichos de consumidores, onde um consumidor é diferente do outro e possuem características pessoais e de consumo diferentes. Nessa época, o número de concorrentes cresceu e se fez necessária a divisão de segmentos.


Por exemplo, em uma fábrica de barra de aço redonda, os seus produtos podem ser destinados tanto para outras empresas quanto para um consumidor físico.


A forma de abordagem para cada público muda completamente, uma vez que você pode estar falando tanto com pessoas quanto para instituições, além de muitas outras características.


Por esse motivo, a estratégia de marketing passa a ser voltada para o consumidor como o centro de tudo, em que se faz necessária a compreensão dos seus desejos, medos e problemas para que possam agrupar diferentes perfis em variadas áreas do mercado.


Com isso, atinge o seu cliente com uma maior eficiência, uma vez que também surgem canais de comunicação focados em um público-alvo específico, como revistas especializadas, canais de TV a cabo e programas de rádio para um nicho bem específico.


Marketing 3.0


O marketing não se volta mais para um setor do mercado, mas sim para o indivíduo, onde os consumidores passam a se preocupar com os valores e as causas que as empresas defendem.


Uma empresa que fornece esocial folha de pagamento não vende apenas um sistema, mas sim uma forma de organizar melhor a sua empresa, visando o seu sucesso e crescimento.

Dessa forma, não só o produto importa, como o impacto que ele possui sobre o planeta, sendo a marca humanizada, devendo mostrar a sua personalidade, propósito e valores, para que, com isso, possa despertar uma identificação com cada indivíduo.


Marketing 4.0


No marketing 4.0, existe o foco na internet como meio de comunicação, onde essa ferramenta está muito presente na vida das pessoas, em todos os aspectos.


O marketing 4.0 possui muitas similaridades com o marketing 5.0. Entretanto, enquanto o 4.0 possui um foco maior na internet como meio de se comunicar com cada indivíduo, o 5.0 vê o virtual como uma maneira de fornecer um bem para a humanidade.


Por exemplo, uma empresa de equipamentos para internet pode se relacionar mais facilmente através do meio virtual com o seu segmento em específico, tendo como base os seus ideais para o passar a cada indivíduo.


Entretanto, no marketing 5.0, a questão agora é como proporcionar um bem à sociedade através disso.


Marketing 5.0


A internet pode, muitas vezes, ser prejudicial ao ser humano, uma vez que, com ela, veio a ideia de produtividade constante, a sensação de que o outro está aproveitando mais a vida ou então, o vazamento de dados pessoais para terceiros.


No marketing 5.0, a ideia é utilizar a internet da melhor forma possível, para que ela realmente ajude o indivíduo em seu dia a dia e em sua evolução.


Com isso, as organizações devem direcionar uma grande quantidade de tecnologia disponível no mundo para o bem da humanidade.


Os negócios precisam usar as novas tecnologias para vender mais, aumentar as suas receitas e impulsionar o seu marketing. Entretanto, alinhando com os comportamentos e expectativas dos consumidores e se comprometendo com as causas sociais e o bem-estar do planeta.


Os componentes que são característicos do marketing do futuro, ou 5.0, possuem o objetivo de contribuir com a sociedade e a natureza, nos quais esses são:

  • Marketing orientado por dados;

  • Marketing ágil;

  • Marketing preditivo;

  • Marketing aumentado.

O marketing orientado por dados seria a coleta de dados dos usuários para uma melhor tomada de decisão das empresas, em que toda companhia deve tomar decisões com base em dados.


O marketing ágil seria a contratação de equipes descentralizadas e colaborativas, com o objetivo de obter um aumento na agilidade e eficiência das estratégias de marketing.


Com o marketing preditivo, é a busca de padrões de comportamento e tendências do mercado. Dessa forma, as empresas podem se preparar com mais eficiência para as oportunidades e ameaças do mercado.


O marketing aumentado seria a utilização de chatbots e assistentes virtuais, a fim de otimizar e personalizar os atendimentos.


O marketing 5.0 foca não apenas no cliente, como também na facilidade do processo, no bem-estar ao planeta e nas causas sociais. Por isso, ele é o marketing do futuro.


Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.


7 visualizações

Comments


bottom of page