top of page

Javascript ou PHP: qual a diferença entre eles?


Fotomontagem de um programador web digitando em notebook e sobre as teclas sobrevoam telas de códigos de programação, engrenagens e gráficos.


Quando falamos de desenvolvimento web, sempre vem uma das principais linguagens de programação que envolvem esse procedimento: JavaScript ou PHP. Estamos falando de duas linguagens utilizadas para o desenvolvimento de partes diferentes de uma aplicação web, mas que, para quem não está muito familiarizado, podem gerar confusão quanto a suas aplicações.


Enquanto uma é utilizada para dar dinamismo à página, agregando interatividade e qualidades estéticas, a outra é usada do lado do servidor, sendo a linguagem responsável por adicionar funcionalidade às páginas, transformado-as em aplicações web. Neste post, vamos conhecer melhor o que são as linguagens JavaScript e PHP, suas características e diferenças.

Gostaria de saber um pouco mais sobre as vantagens de utilizar essas linguagens? Confira!


Quais são as características da linguagem PHP?


PHP é uma das linguagens de programação mais populares do mundo, além de ser a base do CMS mais utilizado, o WordPress, de seus plugins e widgets. É uma linguagem que permite a transformação de um site em uma aplicação web, adicionando dinamismo e funções para os elementos presentes na página.


Por ser tratar de uma linguagem de scripts, o PHP é quase sempre utilizado em conjunto com o HTML, linguagem responsável pela estruturação dos sites. A interação entre o PHP e o JavaScript acontece quando o desenvolvedor insere um código PHP dentro de um código HTML.

Isso pode ser feito para dar função para um botão, ou para oferecer base para um formulário, permitir acesso ao banco de dados etc. O PHP é executado quando a acessamos a Internet, pois o navegador envia uma requisição para o servidor, que envia para o navegador os códigos relacionados ao front-end, o qual forma a imagem vista na tela.


Quais são as principais característica do JavaScript?


Enquanto o PHP é uma linguagem que roda no lado do servidor, JavaScript é tem como foco o lado do cliente, ou seja, a interface do site. Com essa linguagem, é possível controlar o HTML e o CSS, para adicionar interatividade e dinamismo à página.


Por exemplo, quando você acessa uma página e ela traz uma galeria de imagens interativa, o JavaScript está por trás. Quando passa o mouse sobre um item do menu e aparece um submenu, novamente temos o JavaScript trabalhando.


Entenda a origem do JavaScript


Ao contrário do que muita gente pensa, o JavaScript não foi criado pela W3C, mas por um desenvolvedor chamado Brendan Eich, na Netscape. O primeiro nome dado à linguagem foi LiveScript, mas logo ele foi mudado, como estratégia de marketing, para JavaScript — uma referência clara a linguagem Java, uma das mais relevantes a época.


Atualmente, a linguagem é mantida pela ECMA — European Computer Manufacturer’s Association —, que mudou o nome oficial da linguagem para ECMAScript, que não pegou entre os profissionais do desenvolvimento (todos continuamos chamando-a de JavaScript).


Quais são as principais diferenças entre PHP e JavaScript?


Para falarmos das diferenças entre PHP e JavaScript, temos que lembrar que o desenvolvimento web apresenta uma peculiaridade em relação ao tradicional — focado em programação para desktops, que é a diferença entre cliente e servidor.


Máquina central

Para que um site fique online, sempre haverá a necessidade de uma máquina central (o Servidor) e os computadores que farão a ligação entre ela e os clientes.


O PHP é um ambiente de desenvolvimento voltado para os servidores, ou seja, o código é rodado apenas no servidor de hospedagem. Já o JavaScript é rodado no navegador dos clientes, ou seja, ajuda a formar a imagem que você vê na tela de seu computador ou smartphone.


Finalidade

Podemos dizer que o PHP é uma linguagem criada para a execução de serviços, já a linguagem JavaScript nasceu com o foco em entregar maior interatividade a página.


Ao contrário do que muita gente pensa, não há a necessidade de escolher entre PHP e JavaScript, pois as duas podem ser utilizadas em conjunto na hora de desenvolver a sua página, agregando ao HTML e CSS.

Como são estruturadas as camadas que formam um site?


O desenvolvimento web é elaborado e estruturado em camadas, sendo que 4 são as básicas: a estruturação e base do site fica por conta do HTML, o estilo e formatação ficam a cargo do CSS, comportamento fica por conta do JavaScript e a adição de funcionalidades do lado do servidor, por conta do PHP.


O HTML é a linguagem de marcação e, como o próprio nome sugere, indica quais são os elementos presentes na página e a localização de cada um. De uma forma simplificada, podemos dizer que o HTML é o alicerce de uma página.

Já o CSS é a linguagem de estilo, que serve para formatar os elementos do HTML. É com essa linguagem que a página ganha cores, transições, efeitos e fontes estilizadas. A linguagem vem crescendo exponencialmente e algumas funções que eram de exclusividade de JavaScript, como a criação de menus retráteis, já estão sendo criadas apenas com códigos CSS.


Veja como PHP e JavaScript exercem papeis diferentes


O JavaScript manipulas as outras duas linguagens, HTML e CSS, agregando interatividade, por exemplo, criando as funções que permitem a utilização e uma galeria de imagens dinâmicas em um site. Todos os botões de movimentação, como as setinhas para mudar de foto, são desenvolvidos com o JavaScript. Já o PHP ganha força com o WordPress e seus plugins.


A linguagem JavaScript está em plena evolução, com uma comunidade de colaboradores enorme, que ajuda no desenvolvimento da linguagem. Atualmente, já possível criar uma aplicação web do início ao fim apenas com JavaScript, atuando no front e back-end graças a bibliotecas e interpretadores, como o Node JS.


Quais são as vantagens do Javascript?


Essa linguagem de programação funciona nas máquinas em que é acessada pelos usuários. Ela é muito importante e muitos profissionais da Tecnologia da Informação precisam utilizá-la em suas rotinas. Veja a seguir os principais benefícios provenientes do uso do Javascript e compreenda mais alguns detalhes relevantes sobre o tema!


Controle do navegador


A linguagem de programação JavaScript é vantajosa porque permite ao usuário gerenciar o comportamento do navegador. O benefício existe em virtude do interpretador que existe no navegador. Diante disso, os internautas conseguem ter uma excelente experiência ao acessar as páginas e realizar ações por meio da Rede Mundial de Computadores.


Inserção de efeitos


O JavaScript é uma linguagem de programação amplamente utilizada pelos profissionais da área da informática. Mas essa ferramenta também pode ser usada por pessoas leigas que não tenham experiência no assunto. O aprendizado é bastante simples e pode ser obtido por quem tiver interesse em adquiri-lo para executar as suas atividades.


Ampla utilização

O JavaScript é uma linguagem de programação amplamente utilizada pelos profissionais da área da informática. Mas essa ferramenta também pode ser usada por pessoas leigas que não tenham experiência no assunto. O aprendizado é bastante simples e pode ser obtido por quem tiver interesse em adquiri-lo para executar as suas atividades.


Facilidade de uso


A facilidade de uso é um ponto que parece óbvio para muitos profissionais, principalmente para quem é novato na área da programação. O JavaScript é uma das linguagens mais fáceis de usar ou um caminho muito simples para aprender com agilidade. Os mais experientes sabem que essa é uma ótima oportunidade para desenvolver habilidades valiosas.


Excelência no desempenho


A excelência no desempenho é outro aspecto do JavaScript, que se caracteriza pelo estilo de de execução de E / S sem bloqueio, thread único e orientado por evento. O modelo é garantido pelo agrupamento de nós e pelo loop de eventos, enquanto a natureza do Node.js, que é assíncrona, possibilita a execução simultânea do código.


Ótimos frameworks


A programação JavaScript conta com a característica da extensibilidade, visto que é possível combiná-la com XML, HTML e Ajax. Os seus frameworks são muito bons e incontáveis devido ao surgimento contínuo de novas opções. O programador pode usar as tecnologias JS de front-end conhecidas como React, Angular e Vue, que são muito populares.


O Node.js é adquirido com o Node Package Manager (NPM) que vem pré-instalado. Ele é o quadro mais comum do lado do servidor, pois facilita o trabalho dos profissionais além de ser um registro de software conhecido no mundo inteiro. O framework escolhido pelo usuário define o desempenho, o custo de desenvolvimento, a velocidade e outras qualidades dos aplicativos.


Quais são as vantagens do PHP?


Outra linguagem muito conhecida pelos profissionais que trabalham com a Internet é a PHP. As razões da sua popularidade são os benefícios que ela traz para os usuários. Observe os tópicos a seguir e descubra quais são essas vantagens desse modelo de programação que já está no mercado há alguns anos por ser extremamente útil aos desenvolvedores!


Fácil aprendizado

Uma vantagem de usar a linguagem PHP é a facilidade que ela oferece para quem deseja fazer a construção de sites na web. O aprendizado é rápido e esse é um dos motivos da popularidade desse modelo de programação. Com ela, o programador tem acesso aos materiais disponibilizados por especialistas em vários portais, apostilas, tutorias e artigos menores.


Código aberto


O PHP é uma linguagem que tem o código aberto. Em virtude disso, pode ser usada por profissionais que escolhem trabalhar como programadores autônomos. Isso é muito comum na área de informática e TI, já que o mercado é altamente competitivo. Os profissionais podem desenvolver os programas usando as opções existentes sem enfrentar problemas com a Justiça.


Quantidade de dados

A linguagem PHP permite que as páginas executem as ações necessárias ainda que tenham um volume considerável de dados e diversos detalhes visuais. Um exemplo interessante são os sites de vendas que devem ofertar aos internautas uma boa experiência para que continuem interessados na marca, façam novas visitas e voltem a comprar.


Compatibilidade

O modelo PHP normalmente é usado por trazer muitos benefícios aos desenvolvedores, como o bom desempenho, a acessibilidade, a facilidade de uso etc. Há bancos de dados que organizam e armazenam as informações dos sites em uma estrutura da web de forma segura e agrupada. Essa linguagem de programação tem boa compatibilidade com o Sybase, MySQL e Oracle.


Popularidade

A popularidade é um benefício importante, tendo em vista que o suporte da comunidade é crucial para uma linguagem bem-sucedida. Quanto mais um tipo de programação é apreciado pelos profissionais do setor, mais informações estarão disponíveis na Internet. Isso favorece o aprendizado dos internautas que estão em busca de adquirir novos conhecimentos e habilidades.


A característica da popularidade é fundamental para os iniciantes que pretendem se destacar na criação de programas. Acerca do PHP, é possível encontrar uma infinidade de dicas, guias e tutoriais que ensinam o internauta a dar os primeiros passos com essa linguagem de programação. Você conseguirá acessar conteúdos específicos e apropriados.


Estabilidade

PHP é distinto do JavaScript porque é síncrono. Esse é um modelo de programação cujos aspectos envolvem um estilo de execução de E/S multithreaded de bloqueio. Inicialmente, é preciso executar a primeira linha do código, para depois prosseguir para a segunda linha, de modo que a construção é mais lenta, contudo, mais estável e bastante confiável.


Disponibilidade de CMSs

Um detalhe interessante é que o PHP somente pode ser combinado com HTML, mas conta com o benefício da disponibilidade de CMSs como Drupal ou WordPress. As soluções facilitam e tornam o desenvolvimento da web mais barato. Essa linguagem de programação também pode ser estendida com soluções de servidor como PostgreSQL, MySQL ou qualquer tecnologia de stack LAMP.


Se você está tentando entender o que significa LAMP, saiba que se trata de uma combinação de softwares de código aberto e livres para uso. A sigla se refere aos seguintes termos: Linux, Apache, MariaDB ou MySQL e PHP ou Python. Os gerenciadores dos pacotes são o Composer e o PHP Extension and Application Repository (PEAR)


Biblioteca estruturada

O Composer é uma solução de gestão de dependências para a linguagem PHP, enquanto o PEAR é uma biblioteca estruturada de códigos de fonte aberta. Se o seu desejo é se tornar um profissional full stack, que domine tanto o lado do cliente e do servidor, escolha trabalhar com JS. Se prefere personalizar elementos do WordPress, invista em PHP.


Como vimos, neste post, a escolha entre JavaScript ou PHP nem sempre é necessária, pois estamos falando de linguagens de programação que se complementam na estruturação de uma aplicação web. Apesar de já ser possível trabalhar com JavaScript no lado do servidor, o PHP ainda é a linguagem mais popular para esse tipo de desenvolvimento.


Créditos: https://www.valuehost.com.br/

7 visualizações

Comentarios


bottom of page