Growth hacking: aprenda o que é e como aplicar em seu negócio



Para que um negócio possa crescer dentro do seu setor é importante estar atento a todo o tipo de estratégia disponível no mercado. Com tais práticas sendo desenvolvidas justamente para otimizar o processo de gestão de um negócio, como no growth hacking.


Um conjunto de ações voltadas a agilizar o processo de crescimento de um negócio. Algo que não pode ser alcançado simplesmente em uma administração comum de uma empresa, sendo preciso estudar práticas variadas, para se chegar a resultados variados.


Isso ao levar em conta, principalmente, o processo de mudança do mercado. No que leva a importância de se conhecer os mais diversos tipos de estratégias disponíveis, que se bem aplicadas podem ser responsáveis pelo maior rendimento obtido por uma empresa.


A começar pela forma com que essa companhia consegue se relacionar com o seu público, através de ações que melhor destaquem os serviços de uma empresa de montagem de painel elétrico para um público específico que esteja à procura do que está sendo ofertado.


Uma relação que pode ser alcançada por meio de estratégias assertivas, que se alinhem ao perfil de uma audiência, estudando o comportamento desse perfil de público para adotar ações que permitam uma maior conexão nesse sentido, aumentando assim suas vendas.


Pois, quanto melhor for a experiência de um cliente, maiores poderão ser as possibilidades de compra por parte desta audiência. E não só isso, quanto maior for essa satisfação, é possível também contar com uma recomendação espontânea sobre um produto ou serviço.


Situação essa que pode ser benéfica para um fornecedor de estrutura metálica, cujo alcance a uma nova linha de clientes pode ocorrer principalmente pela indicação dos seus serviços por outros consumidores, criando assim uma linha de público a se trabalhar.


Um cenário de altas possibilidades para um negócio, garantindo com que ele se encontre em uma fase de crescimento. Permitindo assim uma expansão entre as suas atividades, ou até sobre o seu campo de atuação, ampliando-se do mercado nacional para o estrangeiro.


Tudo o que possa ser otimizado através de uma adoção de práticas otimizadas, que visam justamente se certificar sobre o crescimento de um negócio, independente da sua área ou do seu tamanho.


Growth Hacking: Como crescer sua empresa


Para se garantir esse desenvolvimento desejado, é preciso trabalhar com um conceito específico do mercado que cada vez mais é visto de forma relevante. Uma concepção conhecida pelos especialistas de marketing como Growth Hacking.


Essa prática funciona a partir do desenvolvimento e da aplicação de práticas específicas, adotadas justamente para garantir a eficácia do processo de crescimento de um negócio, entre os mais variados tópicos, como crescer em público, vendas e outros objetivos.


Tal como uma empresa de segurança, que atua na instalação de alarmes e sistemas de segurança, e que busca aumentar o seu leque de serviço, oferecendo também novas variações entre seus ofícios, como por meio da instalação de alarme de incêndio.


E a partir dessa ampliação de serviço, torna-se possível amplificar o número de clientes dessa empresa, no que se leva a um maior rendimento e capital em caixa para investir ainda mais em tal negócio. Ou seja, surge por essa ação uma grande cadeia de benefícios.


Algo a ser trabalhado pela técnica de Growth Hacking. Um termo em inglês cujo próprio título conversa com as possibilidades a serem alcançadas por meio desse procedimento. Um nome que vem da combinação das palavras crescer (growth) e cortar (to hack).


Nesse caso cortar caminhos, por meio de atalhos, que permitam um maior desenvolvimento por parte de uma empresa. Tratando-se então de táticas que possam levar a melhores benefícios por parte de uma companhia, através de ações voltadas a diferentes campos.


Trabalhando então com o melhor desenvolvimento entre os mais variados tópicos pelos quais uma companhia deve observar, para que esse negócio alcance uma posição confortável no mercado. Tudo isso através de ações voltadas a pontos como:


  • Público externo;

  • Audiência interna;

  • Colaboradores;

  • Fornecedores.


Uma variedade de campos que se bem trabalhados podem garantir melhores índices de crescimento de um negócio, até mesmo em um período de tempo mais breve. Como um fornecedor de cerâmicas ao se comunicar com quem procura por comprar piso industrial.


Uma posição positiva por parte do mercado, que por meio de hacks torna possível chegar a melhores resultados dentro do setor comercial. Alcançando dessa forma o crescimento entre os mais variados tipos de negócios.


Sendo importante para isso saber como aplicar as técnicas de Growth Hacking, incluindo as suas etapas específicas.


Fases importantes do Growth Hacking


Para que um empreendimento possa prosperar dentro de sua área é necessário desenvolver um bem aprofundado plano de marketing. Um documento que apresente todas as possibilidades que devem ser abordadas por um negócio, para ele poder crescer.


Especificamente sobre os hacks voltados ao avançar de um projeto, eles podem ser divididos em quatro de diferentes campos. Etapas que englobam um conjunto de estratégias que se bem posicionadas podem garantir esse crescimento do negócio.


Sendo essas fases:


Identificação de demandas


O primeiro passo para que um negócio possa prosperar em sua área, é através da descoberta sobre qual o melhor tipo de produto ou serviço deve ser operado por essa companhia.


Como na identificação da demanda do público por ações voltadas às causas ambientais, aumentando assim a importância de se conectar com agências que trabalham com práticas de defesa ambiental.


Após reconhecer quais são as demandas de um público, é possível que uma empresa possa se esforçar para responder a tais necessidades. No que direciona diretamente para a próxima etapa de uma estratégia de Growth Hacking.


Definição de estratégia


Tendo uma noção clara sobre o que o público pode está em busca, é chegado o momento de se estipular certas hipóteses. Ideias pelas quais podem ser colocadas em prática futuramente, permitindo que um negócio possa aumentar sua posição no mercado.


Uma etapa na qual é preciso ter atenção a um número variado de possibilidades, por meio de variáveis que conversam não só com a audiência almejada, mas também com o cenário comercial ao qual tal negócio se encontra, além de outras possibilidades.


Como uma empresa voltada à aplicação de serviços domésticos, que pode estudar a possibilidade de trabalhar com a instalação de forro removível, para aumentar o seu leque de oportunidades de se relacionar com um público de seu desejo.


Busca por soluções


Não é suficiente somente pensar em várias estratégias. É preciso pensar também na real aplicabilidade dessas práticas, levando-se em conta o estado em que se encontra o seu negócio, e até onde você gostaria de levá-lo.


Nesse sentido é preciso compartilhar os desejos de expansão da sua companhia junto dos seus colaboradores internos, para que de forma conjunta possa ser possível estruturar um plano de atuação para a empresa, acerca dos benefícios que estão sendo procurados.


Como na definição de um plano de vendas para um novo modelo de tela mosquiteira contra dengue, cuja necessidade por tal tipo de mercadoria se mostra presente durante a época do verão. Um período de alta em relação à proliferação de mosquitos.


Com a definição de um bom plano de marketing e comunicação, torna-se possível trabalhar com uma venda maior sobre esse negócio. Chegando-se assim a última etapa de um plano de Growth Hacking.


Aplicação de estratégias


Estando acompanhado de um bom plano comercial, é preciso então colocar em prática as estratégias que foram anteriormente definidas. Após a implementação correta de tais planos, torna-se possível alcançar os seus desejados índices de melhora no mercado.


Resultando dessa forma no crescimento de um negócio. O principal objetivo no que se refere a definição e a aplicação desse sistema de Growth Hacking, que se mostra útil através de estratégias otimizadas, que facilitem o progresso de um negócio.


Após seguir com atenção essas etapas, o esperado crescimento de uma empresa pode ser mais fácil de ser conquistado. Ou até mesmo de prever a rentabilidade de uma companhia, de acordo com a sua relação com o público.


Algo de alta relevância para um vendedor de cortinas em lona, permitindo até mesmo a ampliação da sua área de atuação, por meio dos seus bons números de venda. Ainda mais se essa estratégia de crescimento estiver associada às etapas de um funil de growth, como:

  • Aquisição;

  • Ativação;

  • Retenção;

  • Receita;

  • Recomendação.

Fases que se bem seguidas podem garantir um crescimento ainda mais rápido para um negócio. Através da adoção de bons hacks voltados ao progresso, sendo importante não confundir o Growth Hacking como algo negativo.


Principalmente por causa do uso do termo hack, muito associado a invasões digitais e web criminosos, quando na verdade, trata-se apenas de uma estratégia de melhor aplicação para os mais variados tipos de negócios, através de ações otimizadas.


Atividades que permitam com que uma empresa possa crescer dentro de sua área, alcançando novos públicos e novas oportunidades.



Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.


9 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo