Entenda sobre a importância do neuromarketing para sua marca

Atualizado: 13 de Fev de 2020

Você já ouviu falar em neuromarketing? Essa área tem sido de fundamental importância para os empresários, que buscam meios de entender mais sobre os seus consumidores.

Apesar do seu nome, o neuromarketing não se trata de uma ferramenta de marketing digital para aumentar o número de vendas de uma empresa.


Na verdade, ele é uma ciência que estuda as reações que ocorrem no cérebro das pessoas no momento de uma compra, ao visualizar os produtos e os serviços oferecidos por uma marca.


Mesmo que já existam pesquisas de mercado que ajudam os empresários a se guiarem de modo certeiro durante o planejamento de uma campanha de marketing, o neuromarketing atua de modo distinto.


Isso porque ele busca entender mais sobre o funcionamento do cérebro humano e, por isso, pode fornecer dados mais precisos sobre os processos neurais e psicológicos envolvidos no momento em que os clientes possuem acesso aos materiais de uma determinada marca.

Se você deseja entender de modo mais aprofundado o neuromarketing e como ele pode ser importante para que o seu negócio conquiste resultados melhores, siga na leitura deste artigo.





O conceito de neuromarketing

Como empresário, você gostaria de saber o que se passa na cabeça do seu cliente quando ele visualiza um anúncio de personal trainer para idosos ou de qualquer outro segmento?


Certamente a sua resposta foi sim. Isso porque os proprietários de uma empresa estão sempre em busca de estratégias que possam promover o seu negócio, ao mesmo tempo em que engaja os seus clientes com a sua marca.


Assim, entender o que acontece no cérebro de uma pessoa quando ela é exposta a um produto é o objetivo principal do neuromarketing.

Um estudo desses é realizado em etapas, que são baseadas em técnicas de neuroimagem. Essas fases são:


  • Escaneamento do cérebro durante uma atividade;

  • Registro do funcionamento dos neurônios;

  • Identificação das regiões que são estimuladas no processo;

  • Análise dos sentimentos e emoções que ocorrem no inconsciente.

As fases do estudo visam fornecer os dados específicos para que uma análise mais precisa seja possível.


Com ela é possível entender de modo mais abrangente a reação de uma pessoa ao visualizar uma promoção específica, seja ela de curso para instrutor de pilates ou de um aparelho de televisão.


É sabido que um processo de compra se inicia pelo emocional. Isso porque, segundo os indicativo oferecidos pela Forebrain, empresa especializada em análises de neurociência, 90% das informações são captadas por meio do inconsciente das pessoas.


Assim, as emoções e os sentimentos são os primeiros elementos que surgem para um consumidor no momento da compra.

Depois dessa etapa, surgem os racionais, que justificam a aquisição de um determinado produto ou serviço.


Para que a pesquisa possa ser realizada, áreas como marketing, neurociência e psicologia interagem. Desse modo, o estudo pode ser realizado de modo mais completo.


As vantagens e a importância do uso do neuromarketing na sua empresa


Entender a atuação do inconsciente durante a exposição a um anúncio de laboratório veterinário para gatos pode fazer com que você consiga desenvolver uma campanha de marketing mais eficiente.


Isso quer dizer que se você investir em elementos que trazem emoções, sentimentos e boas lembranças ao criar um novo anúncio, a chance de ele comover os seus clientes e despertar um interesse mais profundo nas pessoas será maior.


Essa é apenas uma das vantagens do neuromarketing, que pode ser ainda mais efetivo em outros pontos. Eles serão abordados a seguir.


Fortalecimento de marca


Entender como o inconsciente age quando o seu público é exposto a uma ação de marketing da sua empresa pode fazer com que você planeje melhor a mensagem e o objetivo do seu anúncio.

Assim, se quiser fortalecer a sua marca, que é experiente em estrutura pré fabricada para shopping, um estudo pode ajudá-lo a entender como as pessoas se sentem ao visualizar o seu site, por exemplo.


Isso vai ajudar em futuras campanhas que venha a desenvolver, possibilitando uma efetividade de vendas muito maior.


Elementos sensoriais


Utilizar elementos sensoriais também é uma alternativa eficiente das campanhas de marketing.

Certamente você já entrou em um estabelecimento e foi impactado beneficamente por um aroma agradável, por um som ambiente acolhedor, por um visual atrativo e uma organização harmoniosa.


O neuromarketing também confere a um anúncio a capacidade de conquistar o cliente pelos seus sentidos. Isso porque eles são trabalhados conforme são processados pelo inconsciente e conduzidos até outras áreas do cérebro.

Desenvolvimento de produtos e serviços


O neuromarketing também pode ajudar você a desenvolver novos produtos ou oferecer novos serviços de acordo com a expectativa do seu público.


Um comércio de fretes, por exemplo, pode perceber a expectativa dos seu público em relação ao seu serviço de envio e retirada de materiais.


Sendo assim, após entender melhor como as emoções e os sentimentos do seu público podem ser beneficiados com a implementação de um serviço de entrega rápida de documentos, ela pode optar por incluí-lo em seu portfólio.


Investimento na experiência do usuário


Uma das características mais marcantes de uma empresa é a experiência que ela oferece aos seus consumidores.