Como aplicar o user experience em sua estratégia de Marketing?

Atualizado: 20 de jun.



Você sabe como aplicar o user experience em seu negócio? Ou melhor, você sabe o que isso significa, primeiramente?


Basicamente, user experience ou experiência do usuário (UX) é um termo utilizado para definir e entender as interações do usuário com um produto ou serviço, ou seja, é a experiência do cliente em toda a jornada, desde o engajamento da marca até o pós-consumo.


É perceptível a grande importância de focar nessa estratégia de UX no marketing, visto que o mercado é competitivo e toda marca deve melhorar a entrega de seus serviços para se diferenciar da concorrência.


Vamos ver agora o que é e o quão é importante o UX para sua estratégia de marketing. Confira!

Por que se atentar ao UX é importante?


Na experiência do usuário, focamos no que eles pensam sobre o conteúdo que consomem. É preciso analisar todas as etapas do relacionamento, desde o primeiro contato até o consumo e pós-venda, afinal a cada momento ele pode ter uma experiência diferente.


Por exemplo, existe uma empresa de mudas florestais que capta bem o público, possui linguagem adequada e oferece bons produtos, mas tem dificuldade no atendimento pós-venda.


Isso pode ocorrer tanto pela dificuldade em se comunicar, como em resolver problemas ou esclarecer preocupações. Isso significa que o processo de experiência do usuário está cheio de falhas.


Quando focamos nisso, focamos no cliente e consideramos toda a jornada, é possível ajustar os serviços oferecidos. Assim atendemos às expectativas dessas pessoas em diferentes aspectos do nosso relacionamento com a marca.


No caso desse exemplo citado, a empresa poderia fornecer uma consultoria técnica ambiental para empresas ou pessoas que compraram as mudas, pois podem surgir dúvidas de como cuidar, como manter as mudas, quantidade e frequência de rega, etc.


Isso faz parte de identificar as reais necessidades dos clientes e saber como suprir essas demandas. O UX visa exatamente tornar a experiência do cliente muito boa para ele, até mesmo depois de comprar o produto ou adquirir um serviço.


Por isso é algo tão importante e que deve ser levado em conta pelas empresas.


Como aplicar UX nas estratégias de marketing?


Agora que você já sabe o que é a importância do UX para qualquer negócio, desde empresas de impressão em chapa de acrílico até empresas de consultoria em marketing, é preciso saber como implementar essa estratégia na prática.


Para te ajudar com isso, veja essas dicas práticas e funcionais para você começar a melhorar a experiência de usuário do seu público-alvo. Confira:


Configure a persona do seu negócio


Primeiramente é preciso definir e configurar a persona do seu negócio. Lembrando que persona é uma definição do cliente ideal fictício para você se basear.


Isso é de extrema importância, porque você deve conhecer bem seu cliente ideal para interagir com sua marca e direcioná-los em suas campanhas que tornem a experiência deles muito boa ao chegarem até seu negócio.


Para isso é preciso estruturar uma prestação de serviço de armazenagem de sua persona e deixar as informações dela armazenadas e arquivadas para sempre identificar quais os serviços e produtos ela necessita.


Ao entender sua persona ou cliente ideal, consequentemente você estará captando seu público-alvo.


Você vai ver como definir essa etapa facilitará o planejamento de toda sua linha editorial e como irá melhorar a experiência de usuário de seu cliente.


Pesquise e entenda o comportamento do seu cliente ideal


Alguns usuários querem todas as informações em um só lugar, como também a flexibilidade e facilidade para fazer compras. Outros querem muitas fotos, vídeos, opiniões e depoimentos de pessoas que já compraram para que possam tomar sua decisão.


Por isso é muito importante estudar bem sua persona e entender o comportamento dela a fim de criar o ambiente perfeito para ela, assim a experiência de usuário de seu negócio estará muito bem estruturada.


Ofereça conteúdo que atenda as necessidades do cliente


Um bom conteúdo atrai muitos leitores e clientes interessados no assunto para o seu site, além de incentivar a voltar. Logo, ao criar conteúdo de alta qualidade, você fornece valor.


No entanto, para aumentar o valor do user experience especificamente você precisa mais do que apenas qualidade, você precisa de conteúdo que envolva seu público a ponto de eles se sentirem bem ao se depararem em sua loja, em seu site, com seu produto e serviço.


Ou seja, a estratégia UX exige o desenvolvimento de um plano que leve em conta as necessidades reais das personas e o que eles querem ler, ver, ouvir, etc.


Esclareça seus objetivos de comunicação


A forma como você se comunica com seu público muda tudo. Portanto, para transmitir a mensagem certa, é muito importante ser claro sobre o que você deseja alcançar, assim você atrai as pessoas e desperta o interesse delas na jornada.


Personalize os e-mails e mensagens


Personalizar os e-mails e mensagens com base nos interesses e necessidades individuais é uma estratégia de UX, em que é possível alcançar resultados ainda melhores.


Ou seja, já é comprovado que chamar as pessoas pelo nome, e trazer isso para o marketing, personalizar as mensagens garante melhor aceitação e afinidade dos clientes para com a empresa/marca.


Além disso, as empresas podem incorporar uma melhor personalização em seu design, mudando a experiência de seu site com base no comportamento, interesses e muito mais do site anterior.


Isso serve para vários segmentos, desde uma empresa de elétrica industrial, onde o marketing industrial regional pode ser aplicado, como para empresas que atendem em todos os lugares do mundo.


Design simples


Layouts simples e designs claros são tudo o que você precisa para agradar seus potenciais clientes. Os benefícios de uma abordagem minimalista são mais evidentes na forma como os clientes têm experiência de compra.


Ou seja, se você tem um site de fornecedores de produtos químicos para limpeza, é preciso que os detalhes dos produtos sejam claros, bem como os preços, facilidade de adicionar ou remover itens do carrinho, etc.


Independentemente de como é feito, o mais importante é: não entediar os clientes com detalhes desnecessários e complicados. Isso pode facilmente fazê-los desistir antes mesmo de adicionar produtos no carrinho.


Logo, se atente a esses fatores ao criar seu site ou blog:

  • Simplicidade;

  • Clareza;

  • Layouts “limpos”;

  • Facilidade na usabilidade.

O melhor UX vem de elementos claros de navegação que não requerem pesquisa ou muito esforço para entender. Portanto facilite o caminho de compra de seus clientes!


Avalie e sempre reavalie a perspectiva do cliente


Ao implementar um projeto, pode ocorrer de achar que ele já está adequado, ou que está muito interessante e intuitivo. De fato pode estar para você e sua equipe de marketing que já conhece as estratégias.


No entanto, para o público-alvo pode estar completamente sem sentido ou difícil de entender, o que pode atrapalhar a experiência de usuário dele.


É por isso que é fundamental ouvir as opiniões dos usuários, afinal seus comentários são essenciais para melhorar até que eles sejam adaptados para quem realmente precisa ter uma boa experiência com a estrutura de seu negócio.


Se atente sempre ao seu público-alvo, pois o cliente ideal de uma empresa de consultoria empresarial é diferente do cliente ideal de uma fábrica de isolante térmico, ou de um e-commerce de roupas infantis, ou uma lojas de suplementos.


Ou seja, tudo muda de acordo com o público a ser alcançado.


Melhore o atendimento e suporte ao cliente


Essa dica é indispensável para que o cliente tenha uma boa experiência de usuário com seu negócio. Procure sempre meios de fornecer um suporte rápido e eficiente aos seus clientes.


Uma forma de fazer isso é através de chatbots. Basicamente os chatbots são sistemas tecnológicos de inteligência artificial que estão sendo implementados por muitas empresas.


De fato, a inteligência artificial resolve dúvidas em tempo real, tornando-se uma ótima alternativa para prestar um serviço mais confortável aos usuários.


E pode servir tanto para empresas físicas e locais como indústrias de tratamento de efluentes liquídos como para empresas que são 100% digitais.


Isso porque, mesmo sendo uma empresa física, é preciso estruturar um site, um blog, um sistema de contato, etc.


Realidade aumentada


Além dos chatbots, a realidade aumentada também é uma tecnologia de inteligência artificial que visa melhorar bastante a experiência de usuário dos clientes.


Ou seja, as lojas de roupas, por exemplo, já podem implementar um sistema em que é possível experimentar uma camiseta, óculos de sol ou um boné mesmo enquanto faz compras online. A realidade aumentada permite isso, mergulhando o usuário no universo digital.


Os salões de cabeleireiro, por exemplo, usam uma função para a pessoa "experimentar" o corte no rosto antes de decidir se quer ou não. Entre vários outros sistemas em variados tipos de negócios.


Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.


1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo